«Segundo Luís Carmo Costa, consultor da Neoturis especializado em aviação (...) os "ganhos em eficiência operacional" são, (...) a principal tónica da Ryanair ao decidir cobrar a bagagem de mão (...)»

Leia o artigo da Expresso - Edição 2392 de 1 de setembro de 2018

DOC009-002.jpg